O vigor do samba na mistura do Batuque Digital

A riqueza do samba, para temperar os ritmos que incendeiam as pistas de dança. A proposta sedutora serve de alicerce para o projeto Batuque Digital, iniciativa da Rastropop surgida a partir da inspiração do DJ Goody e do sambista Kleber Komká, diretor de bateria e harmonia com passagem por várias escolas cariocas. É um espetáculo – ritmistas entram em cena como uma bateria de escola de samba, sem puxador nem cavaquinho, encenando evoluções e harmonizando com as músicas e bases do DJ. Os números são ricamente ensaiados a partir de hits e clássicos da House, Dance Music e outros ritmos. Sucesso garantido em aniversários, casamentos e festas em geral.

No segundo semestre do ano, o Espaço Batuque Digital, em Botafogo, promove aulas experimentais e gratuitas de percussão, para quem quer tentar uma vaga nas baterias de blocos e escolas de samba. Durante uma hora, são apresentados os instrumentos, depois entregues ao público para a prática. Tamborim, caixa, repique, chocalho, cuíca e surdo de marcação são as opções para os alunos, selecionados por ordem de chegada.

“Nossas oficinas são ministradas por profissionais com ampla experiência e que acumulam no currículo postos de destaque nas principais escolas de samba do Rio, como diretores e mestres de bateria”, descreve Kleber Komká. Entre os integrantes do Batuque Digital, estão os mestres Kaliquinho (São Clemente) e Lolo (Imperatriz).

O Espaço Batuque Digital fica na Rua Arnaldo Quintela, 44, Sobrado, Botafogo. Mais informações: (21) 2541-6222 ou pelo oficina@batuquedigital.com.br.

ORIENTAÇÃO SEGURA
Tocar numa bateria de escola de samba requer paixão, dedicação e esforço. Os ensaios semanais, a partir do meio do ano, são puxados, com mestres e diretores cobrando precisão crescente. Mas o prêmio pela ralação é divino: cruzar a Passarela do Samba ajudando a ditar o ritmo que enfeitiça a escola e a plateia. Para quem é apaixonado pela folia, uma experiência inesquecível.